Abi Header 01
Abi Header 02 Abi Header Hover 03
Abi Header 04

A Associação Brasileira de Imprensa Internacional manifesta seu repúdio contra as sucessivas agressões verbais do presidente da República, Jair Bolsonaro, aos jornalistas e à liberdade de imprensa.

O mais recente ataque aconteceu nesta terça-feira (05), quando Bolsonaro ao ser indagado sobre a troca do comando da Polícia Federal no Rio de Janeiro, ficou visivelmente alterado e mandou os jornalistas calarem a boca diversas vezes.

No último domingo (03), pelo menos dois repórteres e dois fotógrafos foram covardemente agredidos por apoiadores do presidente, quando acompanhavam uma manifestação pró-governo realizada em Brasília.

"É inadmissível esta situação. Seguidores de Bolsonaro agredindo fisicamente os profissionais da comunicação. E o próprio presidente tentando desmoralizar a mídia estruturada", comenta o presidente da ABI-Inter, Marco Alevato.

A ABI-Inter apoia o protesto dos profissionais de imprensa pelas redes sociais com a hashtag #EuNãoMeCalo.
"Foi o primeiro passo do devaneio de um ditador", conclui Alevato sobre o fato de Bolsonaro mandar os jornalistas calarem a boca.













Jornalista Lucas Mendes, homenageado do jornal The Brasilians no Brazilian International Press Awards, fala da importância da notícia local no mundo globalizado.

Login